NOTÍCIAS



Geral

Sistema de esgoto: menos de 40% das ligações estão conectadas em Concórdia


Casan volta a solicitar que imóveis atingidos sejam ligados à rede.

Por Luan de Bortoli
05/08/2022 às 06h16 | Atualizada em 06/08/2022 - 09h44
Compartilhar


Com a inauguração do sistema de esgotamento sanitário de Concórdia, em outubro do ano passado, a população do município alcançou uma nova realidade quando o assunto é qualidade de vida e conservação do meio ambiente. Mas as conexões ainda não atingiram um número satisfatório no município, com cerca de 35% ligações.

A Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) implantada no município conta com capacidade para tratar 60 litros de resíduos por segundo, e garante cobertura de 42% de coleta de esgoto ao município. A rede contempla 25 mil moradores dos bairros Jardim, Vista Alegre, Centro, Imigrantes, São Miguel, Liberdade, Floresta, Imperial, Sunti, Nazaré e Nações.

Conforme a chefe da agência CASAN de Concórdia, Janete Farenzena, o funcionamento pleno da rede depende das conexões. “Pela quantidade de esgoto que está chegando à ETE, calculamos que cerca de 35% ou 40% das ligações estão hoje conectadas. A conexão é fundamental para que o sistema funcione em sua capacidade real e possa beneficiar os moradores com mais condições de saúde e também a cidade, com mais condições de conservação do ambiente”, explica.

Por isso, a CASAN reforça aos moradores de Concórdia a importância de que seja providenciada a ligação dos imóveis ao Sistema de Esgoto. A Companhia orienta aos proprietários que busquem auxílio de um encanador ou de um instalador hidráulico, para verificar as instalações internas de esgoto. Depois é necessário providenciar adaptações para que o fluxo seja direcionado à Caixa de Inspeção (CI) instalada em frente aos imóveis.

A Caixa de Inspeção é o ponto que marca até onde a CASAN tem responsabilidade sobre o sistema de esgoto. Na parte interna, o morador precisa fazer as adaptações para que possa ser atendido com os serviços de coleta e tratamento já disponíveis.

Como fazer a ligação?

Há um conjunto de orientações a serem seguidas e que podem ser visualizadas neste link. Você pode também acessar o folder digital que explica como fazer a conexão.

Água das calhas vai para rede de esgoto?

Não! Água da chuva não é esgoto e não pode ser direcionado para a rede coletora, pois pode provocar diversos problemas, como extravasamentos nas ruas. Essa água deve ser encaminhada à rede de drenagem.

Caixa de gordura deve ser mantida?

Sim. Antes de ser direcionado para a rede coletora, o esgoto de pias de cozinha e churrasqueiras deve passar por uma caixa de gordura, que retém esse resíduo para evitar o entupimento das tubulações.

O que faço com a fossa séptica?

Após direcionar o fluxo do sistema individual de esgoto para a Caixa de Inspeção (CI), a CASAN recomenda desativar e aterrar fossa e sumidouro, para evitar formação e acúmulo de gases. Um dos benefícios dos bairros que receberam rede é que os imóveis dessas áreas não precisarão mais acionar serviços Limpa-Fossa, como era recomendado.
 
Quer receber nossas notícias em primeira mão? Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp clicando aqui e receba as principais matérias do dia para ficar sempre bem informado com os acontecimentos da cidade e região. Te convidamos também para nos seguir no Instagram através do @radioruralconcordia e acompanhar os bastidores da Rádio, com conteúdos exclusivos de vídeos e imagens.




SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM