NOTÍCIAS



Região

Pelo orçamento, BR-153 não receberá recursos para 2023


SC tem redução de quase 34% no repasse federal para estradas em 2023

Por Luan de Bortoli
02/09/2022 às 09h38 | Atualizada em 02/09/2022 - 10h07
Compartilhar


A proposta do orçamento da União apresentada pelo governo federal ao Congresso Nacional prevê uma redução de 33,7% de recursos para estradas em Santa Catarina. Enquanto o valor de 2022 ficou em R$ 179.057.781,00, o valor para 2023 está em R$ 118.676.238,00.

Os valores previstos são:
  • Adequação de Trecho Rodoviário - São Francisco do Sul - Jaraguá do Sul - na BR-280/SC - R$ 41.900.000,00
  • Adequação de Trecho Rodoviário - Navegantes - Rio do Sul - na BR470/SC- R$  58.000.000,00
  • Construção de Trecho Rodoviário - Timbé do Sul - Divisa SC/RS - na BR-285/SC - R$ 312.937,00
  • Adequação de Trecho Rodoviário - Florianópolis - São Miguel do Oeste - na BR-282/SC - R$  7.573.083,00
  • Adequação de Trecho Rodoviário - São Miguel do Oeste - Divisa SC/PR - na BR-163/SC - R$ 10.890.218,00

As Brs 477, 153 (que passa por Concórdia), 158, 283, 475 e 285 não receberam nenhum recurso.

"Esta situação dos recursos para SC é sempre debatida quando do envio peça orçamentária para Congresso, neste ponto é que temos errado como Estado da Federação, a articulação tem que ocorrer antes, com inteligência de dados, estruturação de projetos e articulação política. Temos que encerrar esta fase amadora em que nos encontramos e avançar para casa do profissionalismo juntamente com nossa força econômica e política. Em suma, é um tripé: dados, articulação e política que fará mudar o atual cenário de participação dos recursos do nosso Estado", disse Adriano Ribeiro.

Agora é a hora do Fórum Parlamentar catarinense mostrar sua força e buscar a reversão dessa falta de reciprocidade tributária da União com Santa Catarina. Rodovias sem manutenção significam mais risco ao usuário, perda de competitividade e mais gastos futuros em obras de infraestrutura.

O site NSC Total procurou o DNIT em Santa Catarina que se manifestou em nota:

A superintendência do DNIT em SC é responsável pela parte de execução, operação, fiscalização, entre outras atribuições técnicas da infraestrutura federal. A parte de orçamento é controlada em Brasília, pelo Ministério da Infraestrutura.
 
Quer receber nossas notícias em primeira mão? Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp clicando aqui e receba as principais matérias do dia para ficar sempre bem informado com os acontecimentos da cidade e região. Te convidamos também para nos seguir no Instagram através do @radioruralconcordia e acompanhar os bastidores da Rádio, com conteúdos exclusivos de vídeos e imagens.


Fonte: NSC Total




01 COMENTÁRIO
Deixe também o seu Comentário




Alderico Valcarenghi comentou em 02/09/2022 as 14:54:13
Santa Catarina foi o estado que mais dou voto para o quadrilheiro em 2018. Povo idiota vai repetir novamente em 2022. Tem que sofrer mesmo



VEJA TAMBÉM