NOTÍCIAS



Eleições

Veja os resultados da nova pesquisa para governo e senado em SC


Pesquisa do Ipec foi contratada pela NSC.

Por Luan de Bortoli
20/09/2022 às 19h56 | Atualizada em 21/09/2022 - 13h12
Compartilhar


A segunda pesquisa eleitoral feita pelo instituto Ipec em Santa Catarina, contratada pela NSC Comunicação e divulgada nesta terça-feira (20), mostra empate entre os candidatos Moisés (Republicanos) e Jorginho Mello (PL), ambos com 20% das intenções de voto.

Em relação à primeira pesquisa, divulgada em 23 de agosto, o atual governador Moisés caiu três pontos percentuais, de 23% para 20% - a variação está dentro da margem de erro, de três pontos percentuais para mais ou para menos. Já Jorginho subiu de 16% para 20%.

Em terceiro lugar, atrás de Moisés e Jorginho, aparece Esperidião Amin, que se manteve com 15% das intenções de voto no novo levantamento. Ele é seguido por Gean Loureiro (União Brasil), que continuou na quarta colocação, a mesma da primeira pesquisa, mas cresceu nas intenções de voto, passando de 8% para 14%.

Apesar de Moisés e Jorginho estarem numericamente à frente, considerando a margem de erro da pesquisa, de três pontos percentuais para mais ou para menos, Amin e Gean também estão tecnicamente empatados com Moisés e Jorginho.

O quinto colocado na pesquisa é Décio Lima (PT), que também cresceu em relação ao primeiro levantamento. As intenções de voto do candidato petista passaram de 6% para 10%. Pela margem de erro, Amin, Gean e Décio também estão tecnicamente empatados.

Os demais candidatos tiveram o mesmo percentual de intenções da primeira pesquisa. Odair Tramontin (Novo) manteve os 2%. Leandro Borges (PCO), Professor Alex Alano (PSTU), Jorge Boeira (PDT) e Ralf Zimmer (PROS) registraram 1% cada. O número de brancos e nulos caiu de 10% para 6%. Já a quantidade de indecisos, que era de 17% no primeiro levantamento, agora é de 10%.

Os resultados são referentes à pesquisa estimulada, quando os entrevistados respondem em quem votariam a partir da lista de candidatos confirmados para as eleições.

A pesquisa foi feita entre os dias 17 e 19 de setembro e entrevistou 800 pessoas. A margem de erro é de três pontos para mais ou para menos, e o índice de confiança da pesquisa é de 95%. 

 
Segundo turno entre Moisés e Jorginho

Neste cenário, Jorginho teria 42% das intenções de voto e o atual governador Moisés, 36%. No entanto, considerando a margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos eles estão tecnicamente empatados. Neste caso, o número de brancos e nulos seria de 12%.

Segundo turno entre Moisés e Amin

Já no cenário que tem o atual governador Moisés contra o candidato Esperidião Amin no segundo turno, o resultado é novamente de empate técnico, considerando a margem de erro do levantamento, mas com vantagem numérica para Moisés. O governador tem 39% das intenções de voto nesta eventual disputa, contra 38% de Amin. Este cenário tem 14% de eleitores com intenção de votos brancos ou nulos e 10% dos entrevistados não sabem ou preferem não opinar. 

Segundo turno entre Amin e Jorginho

O terceiro cenário de segundo turno testado pela pesquisa Ipec contratada pela NSC é com uma disputa entre Esperidião Amin e Jorginho Mello. Neste caso, novamente o candidato do PL tem vantagem, e venceria a disputa sobre Amin por 42% contra 33%. O número de brancos ou nulos nesta possível disputa é de 14%.

Senado

A segunda pesquisa eleitoral do Ipec contratada pela NSC Comunicação e divulgada nesta terça-feira (20) mostra o ex-governador Raimundo Colombo (PSD) novamente à frente na corrida para o Senado nas Eleições 2022 em Santa Catarina. O levantamento aponta o candidato com os mesmos 26% das intenções de voto obtidas por ele na primeira pesquisa, divulgada em 23 de agosto.

Colombo é seguido por Dário Berger (PSB), que cresceu de 9% para 13% nas intenções de voto. Em seguida, aparece Jorge Seif (PL), que subiu ao passar de 4% para 9%.  Celso Maldaner (MDB) surge na sequência na pesquisa Ipec com patamar igual ao da pesquisa anterior, dentro da margem de erro. O emedebista manteve os 7%. 

Considerando a margem de erro de três pontos, Dário, Seif e Maldaner estão empatados tecnicamente. Kennedy Nunes (PTB) é o quinto colocado na pesquisa e oscilou de 6% para 5%.

Os outros cinco candidatos registraram entre 1% e 3% cada. Brancos e nulos, que eram 11% em agosto, agora somaram 8%. Entrevistados que não sabem ou não responderam equivalem a 20%.

 

A pesquisa foi feita entre os dias 17 e 19 de setembro e entrevistou 800 pessoas em cidades de SC. A margem de erro é de três pontos para mais ou para menos, e o índice de confiança da pesquisa é de 95%.

Os números são referentes à pesquisa estimulada, quando os entrevistados respondem em quem votariam a partir da lista de candidatos confirmados para as eleições.

FICHA TÉCNICA

Pesquisa Ipec — Inteligência em Pesquisa e Consultoria

Período avaliado: entre 17 e 19 de setembro de 2022

Amostra: 800 eleitores

Margem de erro: a máxima estimada é de 3 (três) pontos percentuais para mais ou para menos

Nível de confiança: 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral.

Solicitante: pesquisa contratada por NSC Comunicação

Registro no TRE: sob o número SC-07903/2022

Registro no TSE: sob o número BR-07730/2022


Fonte: NSC Total




SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM